Personal Run - Assessoria de Corrida

Acesse sua área de treinamento

Notícia

Exercícios Proprioceptivos
Corrida de Rua

 

EXERCÍCIOS PROPRIOCEPTIVOS

 

 

O nome pode não parecer muito familiar, as vezes até difícil de ser pronunciado, mas saiba que é de extrema importância para o dia a dia e principalmente quando realizamos uma prática esportiva.

 

 

Vamos lá:

 

 

Propriocepção: é o principal sistema de organização do corpo no espaço, permitindo que o indivíduo saiba em que posição ele se encontra num determinado ambiente sem nem mesmo estar de olhos abertos. Termo empregado por Sherrington por volta de 1906, é definida como sendo qualquer informação postural, posicional, encaminhada ao sistema nervoso central pelos receptores encontrados em músculos, tendões, ligamentos, articulações ou pele.

 

 

Exercícios Proprioceptivos: promovem distúrbios no sistema sensorial, com o treinamento gera respostas de reflexos dinâmicos, onde fará que aconteça um controle neuromuscular em uma determinada articulação.

As respostas das contrações musculares localizadas produzirão mudanças metabólicas e mecânicas através de estímulos elétricos (sensoriais), assim, gerando um desequilíbrio de acordo a sobrecarga ocorrida com a execução do movimento, fazendo assim, que haja uma melhora no equilíbrio mecânico e temporal.

 

 

Qual a importância de treinar exercícios proprioceptivos?

 

Partindo do princípio que o atleta/praticante de corrida de rua não tiver bons mecanismos de propriocepção, não irá conseguir uma boa execução.

 

 

Sim, é necessário treinar o “desequilíbrio para gerar o equilíbrio”. O equilíbrio é muito importante, dentro do treino de propriocepção.

 

Os exercícios proprioceptivos devem ser treinados para a manutenção e melhora no equilíbrio e principalmente da consciência corporal, assim podendo evitar possíveis lesões.

 

Se a carga de treinamento é composta de uma forma adequada e específica, ou seja, próximo da realidade e semelhança da atividade esportiva, as articulações, músculos e tendões irão fazer uma melhor “leitura” dos estímulos, desta forma, além de termos mais estabilidade, melhoramos consideravelmente o controle motor dos movimentos.

                                                                                                             

Se o treinamento é proposto de forma organizada e estruturada, o atleta/praticante terá uma menor incidência de lesões. É muito comum ver atletas/praticantes treinarem de forma erronia, misturando o conceito de propriocepção e encaixando em seus treinamentos no momento que não condiz com o ciclo de treino, nem a capacidade física e técnica, assim, colocando em risco sua saúde física.

 

 

Como deve-se treinar exercícios proprioceptivos?

 

Sempre os treinos devem ser encaixados através de uma periodização adequado ao indivíduo atleta/praticante de atividades esportivas. Basicamente, o treino proprioceptivo é muito usado nos períodos mais básicos ou em ciclos regenerativos.

 

 

Então fica a dúvida, quando devemos fazer exercícios proprioceptivos?

 

Dicas:

- Faça sempre no período inicial do seu treinamento;

- Evite treinar com a musculatura fadigada;

- Mantenha a concentração;

- Treine o corpo como um todo;

- Treine a região abdominal e core;

- Treine exercícios específicos que espelhem a sua atividade esportiva;

- Não há necessidade de usar cargas externas.

 

 

*Os exercícios proprioceptivos são muito utilizados na recuperação e prevenção de lesões, procurem sempre profissionais capacitados para orientá-los. Os Educadores Físicos e Fisioterapeutas especializados, são capacitados para desenvolverem a prescrição adequada.

 

 

Vamos correr?

Prof. Ms. Alessandro Rocha

Diretor técnico

Assessoria Personal Run

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VOLTAR

Cadastre-se e receba as novidades da Assessoria Personal Run

  • Facebook
  • Instagram
Zoom Agência Digital
Assessoria Personal Run Ltda ME - 14.709.546/0001-20
Rua Angélica, nº 726 • Bairro Vila Maria Helena • CEP 38020-010 • Uberaba/MG
contato@aprun.com.br • (34) 99127-2322