Personal Run - Assessoria de Corrida

Acesse sua área de treinamento

Notícia

Vitamina D e o esporte
Nutrição

 

 

Nutricionista: Julia Lepri Longas

 

Imagem: maissaudemaisvoce.blogspot.com

Vitamina D e o esporte

A vitamina D é adquirida, nos seres humanos, através da produção 7-dehidrocolesterol, pró vitamina D3, na pele, pela absorção de raios UVB e por ingestão alimentar (leite, óleo de fígado de bacalhau e peixes gordos). Dessa forma, a pele prove de 80 a 100% das necessidades de vitamina D, a qual é estocada na gordura corporal em períodos de maior exposição solar.
A vitamina D é importante para a saúde óssea, sistema imune, cardiovascular e reprodutivo. Estudos recentes indicam que sua deficiência pode estar ligada ao raquitismo, osteoporose, osteoartrite, tuberculose, diabetes tipo 2 e tumores.
Vários são os fatores de risco para essa hipovitaminose D como, idade, sexo, etnia, exposição solar, índice de massa magra, percentual de gordura, pratica de exercícios físicos, ingestão de fontes de cálcio e vitamina D, diabetes e hipertensão.
A suficiência de vitamina D [25(OH) D ≥ 30 ng/ml] parece, de acordo com inúmeros estudos, estar relacionada a inúmeros benefícios para a saúde dos atletas ou praticantes de atividade física, como, ao melhor desempenho físico (aeróbico e anaeróbico), melhor recuperação muscular, menor percentual de gordura, incluindo menor quantidade de gordura abdominal, maior quantidade de massa magra, melhor função vascular, menor incidência de síndrome metabólica, melhor perfil lipídico, melhor resposta imunológica, maior tolerância a glicose e menor incidência de anemia.
Não se pode considerar a vitamina D apenas como uma vitamina, ela é considerada um hormônio esteroide mais potente encontrado no organismo humano, que pode prevenir inúmeras doenças e melhorar o desempenho atlético.
A crescente prevalência da deficiência de vitamina D na população mundial tem aumentado a medida que as pessoas tem seus estilos de vida modificados pelas exigências do cotidiano moderno, com a correria do dia a dia, a exposição solar nos horários que favorecem a absorção de vitamina D e não causam danos a saúde (até as 10h e depois das 16h), ficam cada vez mais difíceis.
E o pior de tudo, vocês sabiam que existem várias marcas no mercado de protetor solar que bloqueia a radiação UVB, diminuindo assim a produção de vitamina D, e boa parte deles não bloqueia a UVA causador do câncer e do envelhecimento ne pele? Por isso, é importante que se adquira protetores solares realmente benéficos, ou seja, que não causem bloqueio total do UVB e protejam a pele do UVA.
Para os amantes da corrida, procurem correr ao ar livre antes das 10h da manhã e depois da 16h da tarde, e utilizar protetores solares realmente benéficos que podem ajudam na absorção da vitamina D.
Para descobrir a quantidade de vitamina D no corpo e necessário um exame de sangue especifico [25 (OH)], se a hipovitaminose D for detectada é necessário procurar ajuda de um nutricionista, para adequar a alimentação e se necessário suplementar a vitamina D.

 

VOLTAR

Cadastre-se e receba as novidades da Assessoria Personal Run

  • Facebook
  • Instagram
Zoom Agência Digital
Assessoria Personal Run Ltda ME - 14.709.546/0001-20
Rua Angélica, nº 726 • Bairro Vila Maria Helena • CEP 38020-010 • Uberaba/MG
contato@aprun.com.br • (34) 99127-2322